Quando estiver organizando um evento, um dos fatores a levar em conta é o equipamento que precisará para o som, seja para ambientar com música de fundo, dançar ou simplesmente amplificar as vozes dos palestrantes.

Se bem, na maioria dos eventos, essa tarefa é delegada a uma empresa especializada em sons é importante que, se você é o organizador, conheça e leve em conta algumas questões que vamos compartilhar a seguir.

A música cria climas

Junto à iluminação e os elementos decorativos que escolher para o evento, é importante que a música que decidir colocar, acompanhe o estilo dos anfitriões, convidados e das atividades que vão propor-se durante o acontecimento. A música será a protagonista quando a atividade for um baile ou um concerto, mas pode estar em um segundo plano se deseja que os convidados interajam entre si e conversem. É importante escolher os gêneros musicais que motivarão o público a desenvolver-se pelo espaço.

O formato da música agora é digital. Durante muitos anos, os DJ´s utilizaram discos para passar música em eventos, mas nos últimos tempos isso foi modificado porque em um computador podem se armazenar todos os temas musicais e programar as listas de acordo aos gêneros que utilizar em cada momento. É importante levar em conta que os formatos dos arquivos variam em relação à qualidade com a que se encontram comprimidos:

  • .wav: é um formato de melhor qualidade, mas cada arquivo (ou tema musical) ocupa muito espaço.
  • .mp3: esse formato é ótimo em relação a compressão-qualidade de som e é o mais utilizado já que permite armazenar maior quantidade de temas musicais.

Se não tem uma biblioteca musical variada e dispõe de uma boa conexão a Internet no local do evento, pode utilizar alguns serviços de streaming que ajudarão você a criar listas e assim passar a música mais adequada para seu encontro. Na América Latina Last FM, Grooveshark e MUZIIC, são opções que se encontram disponíveis.

O equipamento que precisará para passar música é:

  • Fonte de som: Um computador ou reprodutor de CD / DVD.
  • Consola: Para equalizar o som e regular o volume que sairá pelas caixas de som.
  • Alto-falantes: Para que a música que decidiu passar seja ouvida pelos convidados.
  • Se a economia o permitir, pode incluir um led para acompanhar a música com vídeos, os quais podem ser reproduzidos através de listas criadas com o serviço gratuito youtube.

A amplificação das vozes dos palestrantes

Será necessário amplificar as vozes dos palestrantes quando as apresentações aconteçam em amplos espaços ou quando o público superar as 20 pessoas, a fim de que o palestrante não tenha que forçar sua voz.

O equipamento que é preciso para essa função é:

  • Microfones: podem ser unidirecionais ou bidirecionais, com ou sem fio, microfones lapela, de mão ou headsets. O tipo de microfone deverá escolhê-lo de acordo ao conforto do dissertador. Se contar com um pódio, pode haver um microfone direcional de pé, mas se o palestrante estará em movimento, pode utilizar um microfone lapela ou headset.
  • Potência + Amplificadores: decodificam o som que ingressa pelos microfones e o transformam para logo se escutar pelas caixas de som com maior volume.
  • Auto-falantes: deverá localizá-los estrategicamente a fim de que as vozes dos palestrantes sejam ouvidas corretamente em toda a sala (geralmente dois no meio e dois atrás).

Por último, lhe recomendamos contar com um grupo eletrogêneo dentro do equipamento básico, isso será de grande ajuda para continuar sem inconvenientes caso faltar energia ou surgir algum problema elétrico.