Quando se trata do planejamento de marketing para seus eventos nas redes sociais, a etapa mais importante é escolher os canais em que você deve concentrar seus esforços de marketing. Então, como divulgar um evento nas redes sociais?

É melhor ter uma presença bem desenvolvida em poucas redes sociais do que algumas publicações mal planejadas em todos os canais. Então, você sabe dizer quais são as melhores redes sociais para o marketing do seu evento?

O segredo é escolher uma rede onde você possa alcançar o máximo de participantes potenciais, de forma significativa. Ou seja, você precisa compreender o público-alvo do seu evento (sua persona) e encontrar as redes mais usadas por esse público.

Para compreender o perfil dos seus participantes, a melhor tática é usar uma combinação de relatórios do evento, pesquisas feitas com participantes e, naturalmente, suas próprias observações. Após ter compreendido com clareza quais são essas características, compare-as com os perfis de usuários das principais redes listados abaixo, e faça a sua seleção.

Veja agora como divulgar um evento nas redes sociais com os melhores canais

Rede Social nº1: Instagram

O Instagram é uma ótima escolha para eventos — especialmente quando se trata de eventos fotogênicos (com ótimas oportunidades de fotos incríveis). Com 1 bilhão de usuários no mundo e 57 milhões no Brasil, você pode entrar em contato com potenciais participantes de festivais artísticos, festivais de gastronomia e vinhos, performances de dança e muito mais. O BottleRock Napa é um excelente exemplo de evento que usou as imagens atrativas da ocasião como ferramenta de marketing durante todo o ano.

O Instagram é mais popular entre mulheres da geração Millennial, muitas delas são estudantes universitárias. A plataforma é usada por 53% das pessoas conectadas na internet entre 18 e 29 anos de idade, e 25% das pessoas entre 30 e 49 anos, o que faz com que seja uma boa candidata para as iniciativas de marketing do seu evento nas mídias sociais.

O Instagram Stories criou mais uma interessante via de contato com seus potenciais participantes, podendo incluir até mesmo um link nas publicações, se a sua conta tiver mais de 10.000 seguidores. O lançamento deste recurso foi uma jogada decisiva para muitos organizadores, que se mostravam relutantes em se concentrar na plataforma devido à impossibilidade de fornecer um link para a página de venda de ingressos.

O Instagram funciona especialmente bem em conjunto com o Facebook, uma vez que as imagens compartilhadas no Facebook a partir do Instagram recebem 23% mais interação do que imagens publicadas apenas no Facebook.

Aliás, aproveite para seguir a Eventbrite no Instagram!

Conheça: A parceria da Eventbrite com o Instagram

Rede Social nº 2: Facebook

Com mais de 2 bilhões de usuários no mundo e 130 milhões no Brasil, o Facebook é de longe a rede social mais popular entre idades, gêneros e níveis de renda diferentes. Contudo, a grande quantidade de posts no feed de notícias faz com que esse seja um canal difícil de dar destaque ao seu evento — e, com vários anúncios que o Facebook lança sobre mudanças em seu algoritmo para dar prioridade às publicações de familiares e amigos ao invés de conteúdos comerciais, muitos ficaram ainda mais apreensivos. Ainda assim, o Facebook oferece um enorme potencial de conectar o seu evento com mais de 70% da população adulta que está on-line, e isso se traduz em um alcance incrível quando o objetivo é vender mais ingressos.

A rede é ligeiramente mais popular entre as mulheres, e usada com mais frequência por gerações mais jovens. Ainda assim, a plataforma é usada por mais da metade das pessoas com 65 anos de idade ou mais, fazendo com que essa seja a solução ideal para interagir com gerações mais experientes também.

Não se esqueça de aproveitar os eventos do Facebook, que permitem que você convide pessoas e divulgue informações sobre o evento.

Confira a nossa integração com o Facebook para os seus eventos

Rede Social nº 3: Twitter

Com 330 milhões de usuários no mundo e 30 milhões no Brasil, o Twitter é a solução perfeita para interagir com um público mais jovem e ligado em tecnologias. O site é mais popular entre membros da geração Millennial, com nível de renda mais alto — normalmente com nível superior completo — e número um pouco maior de usuários masculinos do que femininos.

Publicações atuais e oportunas funcionam muito bem no Twitter. Saiba que um tweet atinge o seu pico de popularidade após 18 minutos de ser publicado, por isso prepare seu próximo tweet rapidamente — e publique entre meio-dia e uma da tarde (13h), para ter mais chances de visualizações.

Rede Social nº 4: Snapchat

O Snapchat é a opção mais “badalada” para o marketing do seu evento nas mídias sociais. Essa solução é ainda mais eficaz se os seus potenciais participantes forem principalmente mulheres adolescentes ou na casa dos 20. O Snapchat tem mais de 187 milhões de usuários no mundo e 11.3% dos brasileiros afirmam utilizar essa rede, apesar de sua popularidade ter caído bastante aqui no país.

70% dos usuários são mulheres e, entre elas, 71% têm menos de 25 anos. Uma vez que a maior parte desses usuários são estudantes.

É preciso um pouco de tempo para aprender como o Snapchat funciona, mas a rede oferece formas fáceis de causar um grande impacto. Por exemplo, você pode criar “filtros” (que os participantes podem colocar sobre as imagens na hora do evento). Saiba como aqui.

Se a estratégia de marketing do seu evento nas redes sociais tem como alvo o público jovem, o investimento vale a pena.

Rede Social nº 5: LinkedIn

Com 200 milhões de usuários no mundo e 29 milhões no Brasil, o LinkedIn tem um papel exclusivo entre as redes sociais, como uma plataforma de networking profissional. O site é mais popular entre usuários com nível superior completo e um pouco mais velhos, com nível de renda maior. Isso faz com que essa seja uma boa opção para potenciais participantes de cursos, conferências, treinamentos ou eventos educativos e com objetivos profissionais/networking.

O segredo do LinkedIn é compartilhar conteúdos e eventos que agreguem valor à experiência profissional dos seus usuários. A DIG SOUTH Interactive Conference faz isso muito bem, usando o LinkedIn para dar destaque aos seus patrocinadores e palestrantes.

As pesquisas indicam que as publicações com melhor desempenho são aquelas com 25 palavras em média, publicadas no horário comercial entre terça e quinta-feira.

Rede Social nº 6: Pinterest

O Pinterest é uma plataforma exclusivamente visual com 200 milhões de usuários no mundo e 19 milhões no Brasil, 42% são mulheres. Mais popular entre mulheres com nível superior completo de todas as idades e com renda mais alta, trata-se da única rede com mais uso em zonas rurais do que em zonas urbanas ou suburbanas.

Essa é uma boa escolha para seus potenciais participantes se o seu evento for direcionado a mulheres ou tiver como foco categorias como bebidas, decoração, alimentos, artesanatos e workshops. Ou seja, é um bom canal para promover feiras de artesanato, jantares ou aulas de arte e culinária. Se você não sabe como usar a plataforma para fazer o marketing do seu evento, veja como o Wanderlust Festival usa o Pinterest para divulgar conteúdos inspiradores relacionados a ioga, bem-estar e comida para o seu público.

Quer mais dicas profissionais sobre como fazer o marketing do seu evento nas redes sociais? Confira o Guia Essencial de Redes Sociais para Eventos da Eventbrite em parceria com o Buffer.