Se você se pergunta “o que é Webinar?” este post vai esclarecer sua dúvida!

Webinar ou conferência digital, no nosso bom e velho português, é uma das estratégias de marketing de conteúdo. Tanto os webinars como o próprio marketing de conteúdo estão ganhando bastante atenção nos últimos tempos e podem dar um excelente impulso aos seus eventos.

Antes de iniciarmos nossa discussão sobre o que é um webinar, é preciso adentrar um pouco mais no conceito de marketing de conteúdo e formatos adotados de acordo com o estágio da venda. Vamos lá? É bem simples!

Marketing de conteúdo

Marketing de conteúdo nada mais é do que a criação de conteúdo de qualidade cujo tema é direcionado a certos segmentos de público, promovendo engajamento e posicionando a empresa que o produz e dissemina como referência no assunto.

Em prática, vamos imaginar que você organiza curso, ao invés de produzir conteúdo relativo ao próprio evento, você produz conteúdo em torno do tema do seu evento, ou seja, sobre confeitaria e bolos.

Você, então, faz postagens no blog do evento sobre as últimas técnicas e matérias-primas utilizadas por renomados chefs confeiteiros , além de uma série de outros tópicos em torno desse universo temático. Com o tempo, o conteúdo produzido passa a receber reconhecimento do público interessado que, consequentemente, também passa a conhecer e a se interessar pelo seu próprio evento.

Formatos do marketing de conteúdo

O conteúdo produzido pode assumir formatos variados, não precisa ser um post como citamos acima. Ebooks, webinars, infográficos, vídeos e afins fazem parte da estratégia de marketing de conteúdo.

Mas lembre-se: o objetivo final deve ser sempre a geração de leads, ou seja, aumentar o número de pessoas que entra em contato com a sua marca, a princípio, interessados em conteúdo de qualidade relativo a área de atuação e, em seguida, passando também a se interessar pelo seu produto.

Funil de vendas

O conteúdo produzido tende a ser segmentado de acordo com o chamado funil de vendas, que estabelece os conceitos de topo de funil, meio de funil e fundo de funil. No topo de funil encontramos pessoas que estão começando a se interessar pelo assunto relativo ao seu evento.Seu fascínio é pelo tema, não exatamente pelo seu evento.

Já no meio de funil está o público que começa a demonstrar maior engajamento. Esse público consome o conteúdo produzido com certa frequência e passa a demonstrar curiosidade pelo evento organizado por você. Por fim, no fundo de funil, se encontra o público que já está ciente sobre o seu evento a ponto de, talvez, efetivamente participar dele!

Conteúdos e formatos para cada fase do funil

Os conteúdos produzidos para esses diferentes níveis de funil, portanto, devem ser distintos, se alinhando aos variados perfis de público. Um conteúdo para o público topo de funil tende a ser mais generalista, enquanto o conteúdo para o público de meio de funil se torna mais específico.

Finalmente, o conteúdo para o público de fundo de funil passa a informá-lo sobre o produto ou serviço oferecido, no caso, sobre o evento. Durante todo o processo, é fundamental que se utilizem mecanismos para fidelizar o público.

Uma postagem em blog pode ser um meio de entrada para que o público tenha seu primeiro contato, todavia, tende a não ser o suficiente para que ele retorne. Para tanto, a criação dos chamados “conteúdos ricos” é de suma importância.

Se tratam de materiais que abordam certo tópico de maneira mais extensiva e, dessa forma, costumam necessitar de um suporte diferenciado, como um ebook ou um seminário online. Como se tratam de materiais que demandaram maior tempo e esforço para sua construção, pode-se disponibilizar o seu acesso mediante o preenchimento de um breve formulário, normalmente solicitando, pelo menos, informações básicas, como nome e email.

A partir daí, pode-se criar um vínculo maior com o público, analisando seus interesses e sugerindo conteúdos que ele possa gostar.

Organizadores de eventos na era digital

A criação de estratégias de marketing digital se consolida cada vez mais no mercado de eventos, sobretudo agora que diversos organizadores tem utilizado a internet como o principal meio para a construção de canais de comunicação com o seu público.

Entretanto, o conceito de marketing de conteúdo ainda não se encontra plenamente estabelecido nesse meio. Trata-se de uma solução que já vem sendo bastante utilizada por diversas empresas, sobretudo aquelas atuantes no mercado de tecnologia.

O potencial é gigantesco e os resultados têm se provado bastante efetivos. Cada tipo de evento possui suas especificidades que podem ou não tornar o marketing de conteúdo uma poderosa ferramenta. Cabe ao organizador determinar a validade da implementação dessa estratégia e, então, desfrutar dos seus benefícios.

Webinars

Um dos tipos de materiais ricos mais populares na produção de marketing de conteúdo são os seminários online, mais conhecidos como webinars.

Mas afinal, o que é webinar?

Nós também fizemos esta pergunta quando nos deparamos pela primeira vez com o termo! Para respondermos à sua pergunta, preparamos um infográfico sobre o assunto.

Eventbrite e mobLee: juntas em um webinar especial para organizadores de eventos

Sim! Nós aqui da Eventbrite, em parceria com a mobLee, empresa 100% brasileira que vem se destacando no desenvolvimento de aplicativos móveis (os famosos apps!) para organizadores de eventos, vamos produzimos um webinar em conjunto.

Assista ao nosso webinar gravado em parceria com a mobLee: Tecnologias para transformar o seu evento

Confira abaixo o infográfico “Afinal, o que é um webinar?” e, depois, conte-nos o que achou 🙂