ingressos para eventos
As 10 piores formas de vender ingressos para eventos: o que não fazer

Você passou meses trabalhando cuidadosamente para realizar o evento perfeito. Elaborou o melhor cardápio de alimentos e bebidas, teve ótimas ideias para entreter seu público. Mas assim que os ingressos são colocados à venda… cri, cri, cri. Você sabe que seu evento deveria fazer sucesso, mas porque as pessoas não estão comprando? Como esgotar os ingressos para eventos que você organiza?

Provavelmente, você está cometendo algum dos erros mais comuns ao criar um evento. Veja, a seguir, as 10 piores maneiras de vender ingressos para eventos e aprenda a como ficar longe delas.

1. O marketing de massa

Enviar uma comunicação para toda a sua lista de e-mails é tentador – mas não vai funcionar tão bem quanto iniciativas direcionadas usando os dados de seus eventos anteriores.

Com informações de pesquisas de satisfação, você pode aprender o que os participantes gostaram ou não sobre seu evento. E com dados sobre o tráfego do site, taxas de conversão e engajamento de conteúdo, você pode ajustar suas táticas promocionais para garantir que as pessoas certas estão recebendo a informação certa no momento certo.

E mais, os dados de seus participantes podem ajudar a compreender por que as pessoas estão comprando – ou não – ingressos.

2. Ir sozinho

Uma das melhores maneiras para esgotar os ingressos para eventos que você organiza é fazer parceria com grandes marcas. Estas marcas já têm uma boa base de seguidores, e você pode atingir seus fãs mais leais. Com as parcerias certas, você pode transformar estes fãs em compradores de ingressos – e fazer com que voltem ao seu evento ano após ano.

Infelizmente, conquistar patrocinadores nem sempre é fácil. Confira este kit com 4 ótimos materiais para obter os patrocinadores certos para o seu evento.

3. Deixar o local do evento ao acaso

A maioria dos locais de evento exige reserva com 3 a 6 meses de antecedência, e espaços maiores (que podem receber festivais, por exemplo) reservam seu espaço um ano antes do evento. Se você não iniciar o processo suficientemente cedo, o seu local favorito (e talvez até mesmo a sua segunda e terceira escolha) já poderá estar reservado por outra pessoa.

Se você quiser atrair uma multidão, use o local do evento em seu favor. Seja um espaço exclusivo ou uma grande arena, explore o espaço do evento para criar um sentimento de emoção em seus participantes.

Você também vai gostar de ler: Como contratar espaços para eventos – checklist com mais de 60 itens

4. Contar com as pessoas que vêm para o seu site

Se você não está vendendo ingressos nos sites onde seu público-alvo já passa o tempo on-line, você dificilmente irá esgotar os ingressos para eventos seus. O Comércio Distribuído – a venda de ingressos em sites em toda a web – é uma das maneiras mais negligenciadas para impulsionar as vendas de ingressos.

É também uma das maneiras mais efetivas para garantir que você arrase nas vendas on-line. Seu evento deve estar nos sites e plataformas que o seu público visita para descobrir o que fazer. Investindo no comércio distribuído você pode alcançar prováveis compradores em seus sites e aplicativos favoritos.

5. Postar uma vez por semana nas mídias sociais

As mídias sociais são um ponto de contato poderoso. Tanto que são responsáveis por um quarto do tráfego para as páginas da Eventbrite. Mas se você só está usando a rede social uma vez por semana – ou pior, se você não está usando as plataformas certas – você está perdendo seu público-alvo.

Então, se você está vendendo ingressos para eventos, mas ninguém sabe sobre eles, será que seus ingressos irão esgotar? Improvável.

Dominando sua estratégia de marketing nas mídias sociais, você pode aumentar o tráfego para sua página de venda de ingressos ou inscrições, e tornar mais visitantes em compradores. Não possui um plano de redes sociais para seu evento? Confira o plano e calendário de publicações que a Eventbrite desenvolveu para organizadores de eventos – você vai aprender tudo o que precisa saber sobre mídias sociais para eventos.

6. Apostar no alcance orgânico do Facebook

Com 2 bilhões de usuários ativos, o Facebook é uma poderosa ferramenta de marketing. Mas com essa imensidão de usuários, é difícil saber se o seu evento está atingindo o público certo. Se você quer vender mais inscrições ou ingressos para eventos, saber atingir ao público certo utilizando o Facebook Ads é fundamental. Uma boa segmentação não só aumenta o número de conversões, como também reduz a quantidade que você gasta.

Não deixe de ler: Facebook Ads para Eventos – Visão geral da ferramenta e Ebook completo

Se você não está usando táticas de redirecionamento, você está perdendo uma grande quantidade de potenciais ingressos vendidos. Atingindo pessoas que já estão interessados no seu evento as faz 70% mais propensas a se inscrever ou comprar ingressos para o seu evento.

7. Construir um site para desktop

Um site amigável para dispositivos móveis não é mais algo opcional – é crítico. A comScore, uma das fontes mais confiáveis para dados de marketing e análises, informou que usuários exclusivos de dispositivos móveis ultrapassaram os usuários de desktop em Março de 2015. Além disso, mais de 50% das pesquisas no Google são feitas pelo celular

Se o site do seu evento não for fácil de navegar, as pessoas podem chegar à sua página, mas sair antes de comprarem ou se inscreverem. Além de perder participantes, você ainda deixa uma impressão ruim nos visitantes da página.

Garanta que sua página web seja otimizada para dispositivos móveis para que os visitantes possam facilmente acessá-la e comprar ingresso, a partir de qualquer dispositivo.

8. Enviar somente um e-mail de lançamento das vendas

Em um mundo ideal, um e-mail indicando o lançamento de suas vendas iria organicamente construir emoção para o seu evento. Infelizmente, isso não é a realidade. Você precisa constantemente gerar conteúdo relevante sobre o evento – e colocá-lo na frente de potenciais participantes.

Se você não valoriza o seu evento o suficiente para promovê-lo, você pode apostar que as pessoas não vão valorizá-lo o suficiente para comprar ingressos. Não cometa o erro fatal de não criar buzz sobre seu evento. Neste caso, é aceitável “puxar sardinha” para o seu lado – contanto que você possa entregar o que você anuncia.

9.  Entrar em contato com a imprensa na semana anterior ao evento

Além de gerar seu próprio conteúdo, você não pode ignorar outros canais. Para tirar o máximo proveito da sua publicidade e vender o seu evento, você também deve ter uma estratégia consistente de RP (Relações Públicas).

Com a abordagem certa, o seu RP vai estimular o interesse e a participação em seu evento. Feito incorretamente, você não vai obter qualquer cobertura da imprensa, o que irá dificultar a venda dos ingressos para eventos que você organiza.

Se você precisa de um pouco de ajuda, não deixe de acessar nosso conteúdo Assessoria de Imprensa para Eventos: saiba como funciona e prenda a atenção de jornalistas (ebook)

10. Exigir que os compradores façam login para comprar ingressos para eventos

Se você realmente quiser esgotar o seu evento, você precisa simplificar a compra de ingressos para seus participantes. Um em cada quatro compradores on-line não conclui uma compra que os obriga a criar uma conta ou fazer login, e um em cada dez compradores desiste de comprar a cada campo adicional no formulário de compra.

Olhe para o seu processo de compra de ingresso. Há mais de cinco passos? É necessário criar uma conta para comprar? Existem taxas ocultas no processo, somente reveladas no final da compra? Se você disser sim a estas perguntas, provavelmente não conseguirá esgotar os ingressos do seu evento.

Estes são os 10 erros mais comuns que criadores de eventos cometem quando promovem o seu evento. Mas se você estiver buscando aumentar o tráfego da sua página e transformar mais vistas em vendas, veja 10 maneiras de dobrar as vendas de seu evento em 2018.