Gratuito

Informações do evento

Compartilhar este evento

Data e hora

Localização

Localização

Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo - Sala da Congregação (2do Andar)

Professor Lúcio Martins Rodrigues s/n, tv. 4

Butantã

São Paulo, SP 05508020

Brazil

Ver mapa

Descrição do evento

Descrição

Após 60 anos da conferência internacional que resultou no Tratado Antártico, o Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais e o Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo em pareceria com o Centro de Estudos das Negociações Internacionais, convidam todos para um seminário/mesa redonda que analisará o passado, presente e futuro do regime internacional para o continente branco.

Sendo a Antártida um território excepcional, tanto por suas características naturais quanto por sua situação política e jurídica, este evento convida todos à reflexão sobre as condições que fizeram possível um acordo internacional que resultou na desmilitarização do continente e em sua preservação para a pesquisa científica, a cooperação internacional, e sua evolução para um regime ambiental.

Com um painel de especialistas de diversas áreas e com diversas expertises na questão antártica, o seminário/mesa redonda oferece uma importante oportunidade para analisar diferentes aspectos envolvidos na questão internacional antártica, onde o olhar desde o passado nos permite projetar o futuro.

Local: Sala da Congregação (2do Andar) do Instituto de Relações Internacionais da USP. - Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, s/n, travessas 4 e 5 - Cidade Universitária.

Dia e Hora: 27 de novembro 2019, de 14:00 a 16:30 horas

Inscrições: https://60anosta.eventbrite.com.br


Palestrantes:

Jefferson Cardia Simões: “O papel da ciência dentro do Sistema do Tratado Antártico: o SCAR e o a diplomacia da ciência”

Professor titular de Glaciologia e Geografia Polar da UFRGS, é atualmente Vice-Presidente do Scientific Committee on Antarctic Research (SCAR) e coordenador geral do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia da Criosfera. Doutor em glaciologia pelo Scott Polar Research Institute da Universidade de Cambridge (UK) e com uma carreira dedicada às Regiões Polares (170 artigos publicados), é hoje um dos pesquisadores Antárticos mais importantes do Brasil e uma referência mundial.

Rafael Antonio Duarte Villa: “A inserção da Antártida nas Relações Internacionais a partir da questão ambiental”

Professor Livre-Docente do DCP e do IRI da USP, é atualmente diretor do Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais da USP e coordenador adjunto do Comitê de Ciência Política e Relações Internacionais da CAPES. Contando com ampla experiência em temas de segurança e defesa e sendo um dos nomes referenciais dessa área no Brasil, o Professor Villa foi um dos pioneiros em trabalhar a questão Antártica desde a Teoria das Relações Internacionais no Brasil e um dos primeiros em analisar o papel do terceiro setor na política Antártica desde a década de 1980.

Leonardo Faria de Mattos: “Brasil, China e Índia: três diferentes trajetórias no Continente Antártico”

Professor da Escola de Guerra Naval (EGN, Brasil), encarregado do setor de geopolítica e Editor Responsável do “Boletim Geocorrente”. Possui Mestrado em Estudos Estratégicos da Defesa e da Segurança pela Universidade Federal Fluminense. Foi comandante de navio da Marinha Brasileira e assessor da Delegação Brasileira na Reunião Consultiva do Tratado Antártico de Praga em 2019, e é, na atualidade, um dos poucos especialistas com uma tradição de continuidade no estudo de questões de política Antártica no Brasil.

Daniela Portella Sampaio: “O Tratado Antártico após 60 anos: como stakeholders percebem os principais desafios do atual regime.”

Doutora em Relações Internacionais pelo IRI/USP e Pós-doutorada pela Leeds University do Reino Unido com bolsa Marie Sklodowska Curie. Foi professora da Universidade Federal de Minas Gerais e trainee na Secretaria do Tratado Antártico (2015), atuando também como assessora nas Reuniões Consultivas do Tratado Antártico desde 2015. Somado a isso, através das suas pesquisas, têm se especializado na questão da governança antártica e o Sistema do Tratado Antártico.

Ignacio Javier Cardone: “As relações internacionais para Antártida antes do Tratado: a ciência como agente da política internacional”

Doutor em Relações Internacionais pelo IRI/USP e King´s College London com bolsa da FAPESP. Na Argentina, se desempenhou como professor da Universidad Nacional de Tierra del Fuego, a Universidad de la Patagonia San Juan Bosco e a Universidade de Buenos Aires, entre outras instituições. Em anos recentes, tem se especializado na questão Antártica, com ênfase na política antártica do Brasil e nas origens históricas e sociológicas das relações internacionais para Antártida e o papel desempenhado pelos cientistas.

Compartilhar com amigos

Data e hora

Localização

Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo - Sala da Congregação (2do Andar)

Professor Lúcio Martins Rodrigues s/n, tv. 4

Butantã

São Paulo, SP 05508020

Brazil

Ver mapa

Salvar este evento

Evento salvo