Datas múltiplas

A hora é agora! Contribua com, Linguagem do Agreste na Bienal de Florenç

Informações do evento

Compartilhar este evento

Data e hora

Localização

Localização

Viale Filippo Strozzi, 1,Firenze, Itália

Via delle Porte Nuove, 10

Via delle Porte Nuove, 10

cap 50129 Firenze

Italy

Ver mapa

Descrição do evento

Descrição

Muitos fatores justificam a participação de Joaz com seu trabalho em uma Bienal no berço da arte, mas a principal delas é poder mostrar ao mundo a qualidade a arte brasileira.

Joaz Silva iniciou sua carreira há 25 anos e já expos em diversos espaços tanto individual como coletivamente, inclusive um de seus trabalhos é finalista na Art Revolutio Taipai, que terá o resultado final em Abril/17 (torça conosco para que ele vença, será mais um brasileiro reconhecido no mundo das artes). Hoje mantém em seu ateliê uma escola de artes, onde atende deste crianças a adultos.

O trabalho de Joaz retrata o seu povo e os lugares que ama. Coleções que registram prédios e logradouros antigos de uma cidade histórica como Recife ou Olinda, pessoas e suas artes de ofícios, objetos que muitas vezes só tem serventia para quem é do sertão, a terra árida e tão linda cuja beleza só pode ser mostratada pelo pincel de um poeta das telas. Este é o artista que procura por apoio para levar a arte pernambucana e brasileira cada vez mais longe.

Conseguiu o mais difícil, ser convidado pela Bienal de Florença para expor na edição de 2017. O valor de sua arte foi reconhecida por uma equipe de curadores que visualizaram o valor artístico da coleção "Linguagem do Agreste", quando exposta no Museu do Barro em 2014.

Esta participação só será possível com a contribuição de todos aqueles que amam a arte, que amam a arte pernambucana e que amam a arte brasileira, assim como você.

Conheça as novas coleções de Joaz Silva

Compartilhar com amigos

Localização

Viale Filippo Strozzi, 1,Firenze, Itália

Via delle Porte Nuove, 10

Via delle Porte Nuove, 10

cap 50129 Firenze

Italy

Ver mapa

Salvar este evento

Evento salvo