África-Europa, Raízes de um Brasil Múltiplo - Andreas Valentin e Januário G...

Informações do evento

Compartilhar este evento

Data e hora

Localização

Localização

Casa da Cultura de Paraty

R. Dona Geralda, 154

Centro Histórico

Paraty, RJ 23970000

Brazil

Ver mapa

Política de reembolso

Política de reembolso

Reembolsos até 7 dias antes do evento

Descrição do evento

Descrição

A mesa vai tratar do trabalho de Andreas Valentin e Januário Garcia, visando ressaltar duas matrizes da cultura brasileira, a europeia e a africana. Andreas é descendente de alemães. Em 2015, a partir de uma bolsa Marc Ferrez, empreendeu o projeto Berlim

Rio Trajetos e Memórias, baseado em acervo de fotografias deixado por seu pai. O trabalho foi exposto no Brasil e na Alemanha e seu processo criativo será apresentado na mesa. Januário Garcia vem se dedicando nos últimos 40 anos a documentar as matrizes africanas na cultura brasileira. Ele vai apresentar um apanhado de sua trajetória.


PARATY EM FOCO 2019 - MIGRAÇÕES

A humanidade se torna cada vez mais nômade. A despeito das profundas raízes que ser quer impor às nações e às tradições, há cada vez mais pessoas tentadas ou forçadas a migrar. Efeitos de um mundo que se globalizou no terreno das finanças e das comunicações, mas insiste em erguer muros e cercas entre pessoas e povos. Migrar pode ser o resultado de uma catástrofe ou de um desejo. É sempre uma decisão extrema, que envolve afetos e apreensões.

O Brasil é um país de imigrantes e de maciços fluxos migratórios internos. A fotografia brasileira também é fruto desse processo ainda em aberto. É diversa e mestiça. Carrega o sangue do tráfico humano forçado, dos indígenas mortos na expansão sem fim das fronteiras agrícolas, mas também carrega os anseios e esperanças de muitos imigrantes que vieram fugindo de guerras e da fome em busca de uma chão para fazer florescer os seus sonhos.

Não são somente as pessoas que migram. Da mesma forma a cultura, as ideias, as imagens. Cada vez mais, os artistas migram de um suporte a outro e a fotografia migra de tela em tela, dos arquivos às paredes do museu, das galerias da fama às prateleiras empoeiradas do esquecimento, do disco rígido ao papel fotográfico. As imagens migram no tempo e no espaço. Migram com elas os seus sentidos, transformando-se na travessia. Migrar é deixar para trás um passado, é virar uma página da vida. Dali em diante, tudo é distinto.

O Paraty em Foco 2019 tem a fotógrafa Claudia Andujar como Homenageada do Ano. Nascida na Suíça, em 1931, ela chegou em 1955 ao Brasil, após perder grande parte de sua família na Segunda Guerra Mundial. Aqui estabelecida, sentiu-se atraída pela vida e a causa dos povos indígenas, que sofriam e até hoje sofrem um extermínio lento, com a paulatina migração do homem branco, o avanço do desmatamento e da grilagem, da mineração, das madeireiras e da agricultura de exportação. Sua obra é um alerta permanente contra essa condição.

Outro convidado já confirmado é Orlando Azevedo, açoriano de nascença, brasileiro por escolha. Vivendo em Curitiba, onde atua como agitador cultural, ele soube traduzir em fotos, por meio de um trabalho minucioso, o Coração do Brasil, território múltiplo e mestiço, formado por todos os tons de pele, do caboclo ao imigrante e o nativo.

O Festival Internacional de Fotografia Paraty em Foco, em sua 15ª Edição, tem como tema as “Migrações” e busca, uma vez mais, afirmar-se como “Um Evento para Todos os Olhares”, dando espaço às várias vertentes da expressão fotográfica. Venha fazer parte dessa grande festa da fotografia. PEF 2019, de 18 a 22 de setembro. Paraty, Brasil.

Data e hora

Localização

Casa da Cultura de Paraty

R. Dona Geralda, 154

Centro Histórico

Paraty, RJ 23970000

Brazil

Ver mapa

Política de reembolso

Reembolsos até 7 dias antes do evento

Salvar este evento

Evento salvo