Pular navegação principal
Conteúdo da página

Salvar este evento

Evento salvo

Annette Michelson: Cinema, Pensamento, Vanguarda

Espaço

Terça-feira, 10 de dezembro de 2019 das 19:00 às 22:00 (Horário Padrão de Brasília Horário Brasil (São Paulo))

Annette Michelson: Cinema, Pensamento, Vanguarda

Informações do ingresso

Tipo de ingresso Fim das vendas Preço Taxa Quantidade
Annette Michelson: Cinema, Pensamento, Vanguarda 01/01/2020 R$300,00 R$21,00

Compartilhar Annette Michelson: Cinema, Pensamento, Vanguarda

Detalhes do evento

Descrição:

 

Annette Michelson: Cinema, Pensamento, Vanguarda

 

Este é um curso em quatro aulas sobre a produção crítica de Annette Michelson sobre o cinema, com foco nos textos que lidam com as vanguardas e suas proposições teóricas. Pioneira nos estudos de cinema na universidade, editora, tradutora e curadora, Michelson permanece um nome pouco debatido no Brasil, apesar de sua influência ampla e profunda no meio. Através da leitura dos artigos e da análise dos filmes, será feita uma introdução à obra da autora, bem como uma tentativa de organizar suas ideias de modo a sugerir uma visão de conjunto. Uma linhagem particular será explorada com mais atenção: o grupo de filmes e cineastas que Michelson denominou “cinema intelectual”. O termo, sugerido por Eisenstein, é utilizado aqui para se referir a um cinema que tem como horizonte a mímese da consciência, e que vê a tecnologia cinematográfica como meio privilegiado para sua realização. As noções do cinema como um instrumento cognitivo, uma forma de investigar a constituição física e social da realidade, um ideal de revelação e revolução, são fundamentais na tradição vanguardista do século XX, e têm no pensamento de Michelson um nexo significativo.

 

Programa das Aulas

 

Aula 1 – A VANGUARDA SOVIÉTICA

  • Sergei Eisenstein e a definição do “cinema intelectual”: como filmar um argumento?
  • Outubro (Eisenstein, 1928), uma tentativa de resposta ao problema.
  • Dziga Vertov e a “decodificação da realidade”, uma contraparte do projeto de Eisenstein.
  • O homem com uma câmera (Vertov, 1929), um marco na representação da consciência pelo cinema.

Aula 2 – A VANGUARDA AMERICANA (I)

  • Maya Deren e o “cinema ritualístico” desenvolvido em seus filme Meshes of the Afternoon (1943), At Land (1944) e Ritual in Transfigured Time (1946).
  • A relação entre metáfora e metonímia no cinema de vanguarda: a influência de Cocteau sobre Maya Deren.
  • Stan Brakhage e a influência do expressionismo abstrato: uma etapa da linhagem iniciada por Deren.
  • Dog Star Man (Brakhage, 1964) como marco na abordagem de Brakhage, e um exemplo de “cinema hipnagógico”.

Aula 3 – A VANGUARDA AMERICANA (II)

  • Michael Snow e o “cinema estrutural”, uma ramificação das vanguardas minimalistas dos anos 1960.
  • Wavelength (Snow, 1967) como o filme emblemático do cinema estrutural: a abordagem fenomenológica de Michelson em sua análise do filme.
  • Hollis Frampton e a visão enciclopédica e imaginária do cinema: o debate com Brakhage e os britânicos quanto ao problema do materialismo.
  • Zorns Lemma (1970) e Hapax Legomena (1970-72) como os projetos de Frampton considerados emblemáticos por Michelson. 

Aula 4 – AS VANGUARDAS NARRATIVAS

  • O debate entre “as duas vanguardas” proposto por Michelson em meados dos anos 1960: a divergência de sensibilidades estéticas e políticas entre os americanos e os franceses.
  • A produção representativa dos franceses: Alphaville (Godard, 1964), Muriel (Resnais, 1964), Mouchette (Bresson, 1967) e A mulher do Ganges (Duras, 1972).
  • Um exemplo em Hollywood: 2001: Uma odisseia no espaço (Kubrick, 1968) como um exemplo significativo de vanguarda narrativa.
  • A questão dos métodos críticos na análise narrativa: os vários métodos empregados por Michelson (linguística, psicanálise, fenomenologia) e sua influência em outros autores (P. Adams Sitney, Noel Carroll, Rosalind Krauss). 

Bio

 

Lucas Baptista é crítico de cinema e pesquisador, mestre e doutor em Meios e Processos Audiovisuais pela Universidade de São Paulo com pesquisas voltadas à teoria de cinema, análise fílmica, e às relações entre o cinema narrativo e o cinema experimental. Desde 2013 é co-editor da Foco – Revista de Cinema, co-organizador da compilação da revista publicada em Portugal em 2017, e colaborador do blog Estado da Arte, do jornal Estado de São Paulo. Ministrou também os cursos História(s) do cinema experimental americano (2018) e Robert Bresson: O caminho do cinematógrafo (2019).

 

Info

 

Terça, Quarta, Quinta e Sexta-feira: 

10 /12, 11/12, 12/12, 13/12

Horário: 19h-22h

 

Bolsa

 

O Espaço oferece bolsas integrais para todos os seus cursos, para minorias sociais e grupos em situação de vulnerabilidade. Para se inscrever, envie um e-mail para espaco@espaco.cc contando um pouco sobre você e seu interesse no curso, e se possível, um comprovante de renda.


 

Tem dúvidas sobre o Annette Michelson: Cinema, Pensamento, Vanguarda? Entre em contato com Espaço

Salvar este evento

Evento salvo

Quando e onde


Espaço
Tupi, 94
Santa Cecília
São Paulo, SP 01233001
Brasil

Terça-feira, 10 de dezembro de 2019 das 19:00 às 22:00 (Horário Padrão de Brasília Horário Brasil (São Paulo))


  Adicionar ao meu calendário

Organizador

Espaço

O Espaço é focado na promoção das práticas e convergências do design, arquitetura, fotografia, cinema, moda e artes visuais. 

  Entrar em contato com o organizador

Faça login ou cadastre-se

Para comprar estes ingressos de forma parcelada, é necessária uma conta na Eventbrite. Faça login ou cadastre-se em uma conta gratuita para continuar.