R$20

AULA | Inventariar o cotidiano no caminhar

Informações do evento

Compartilhar este evento

Data e hora

Localização

Localização

Sala Tatuí

Rua Barão de Tatuí, 302

Sala 42

Santa Cecilia, SP 01226-030

Brazil

Ver mapa

Descrição do evento
Espacialidades subjetivas, percepções da paisagem e construção da memória com Ricardo Luís Silva.

Sobre este evento

Nesta aula, o arquiteto Ricardo Luis Silva, autor do “Coleção das Coisas”, propõe uma discussão sobre o caminhar como um ato estético que transforma o entorno. Ele falará sobre espacialidades subjetivas, percepções da paisagem e construção da memória.

No caminhar, há um momento em que o corpo começa a ler (interpretar os símbolos dados) e escrever (construir espacialidades subjetivas) os espaços que se atravessam. Ainda mais quando esses espaços atravessados configuram uma relação, uma percepção além da visão. Os espaços nos ajudam a construir memórias e, com elas, pensar em diários, em catálogos.

Pensar um inventário, para Ricardo, é entendido e estabelecido como o registro de um afeto. Somos afetados constantemente por pessoas, coisas e lugares. Nosso corpo se transforma numa base repleta de impressões de múltiplas sensações. As impressões mais fortes, mais instigantes, mais provocadoras, e mesmo as mais banais também são afetos registrados. Afetos estes que se transformam, viram memória. Mas não são todos os afetos que viram memória, pois o corpo, para não cansar-se de carregar esse peso todo, mantém tais memórias na sua superfície, que, com o tempo, precipitam-se, somem, abandonamos.

Para assumir e incorporar essas memórias, elas podem ser transformadas novamente em afetos. Mas dessa vez conscientemente: com anotações, registros dessas marcas dos afetos, damos a elas um rastro. Pensar um diário-inventário é deixar um rastro. Um rastro da passagem, do decorrer de um afeto em um tempo. E para se tornar mais concreto, os rastros registrados representam um rastro físico, literalmente um passar.

Para Ricardo, os registros de tais afetos, anotados, viraram um catálogo da vida cotidiana. E tal catálogo ganhou a forma de publicações na série "Coleção das coisas". São livros onde se caminha pelo cotidiano afetado e registrado, coletado, colecionado.

SOBRE O PROFESSOR

Ricardo Luis Silva nasceu em Florianópolis e é arquiteto, professor de crítica e leituras urbanas no curso de Arquitetura do SENAC. Atua como explorador gráfico com temática das coleções, coletas e perambulações urbanas. Investiga o cotidiano da Cidade experimentando desenhos, mapas, serigrafias, coleções de objetos encontrados, fotografias. Destas surgem a “COLEÇÃO DAS COISAS”, registros de objetos ordinários e acontecimentos cotidianos.

Data e horário

15 de outubro

terça-feira, das 19h30 às 22h

Rua Barão de Tatuí, 302 - 4o andar (acesso por escada)

investimento: R$ 20 (que servirá como crédito na Sala Tatuí. Válido somente para o dia e para os participantes que comparecerem ao evento)

formas de pagamento: boleto bancário, depósito em conta ou cartão de crédito (é possível parcelar diretamente pelo Eventbrite)

mais informações: contato@salatatui.com.br

Compartilhar com amigos

Data e hora

Localização

Sala Tatuí

Rua Barão de Tatuí, 302

Sala 42

Santa Cecilia, SP 01226-030

Brazil

Ver mapa

Salvar este evento

Evento salvo