Gratuito

Congresso Brasileiro de Acompanhamento Terapêutico

Informações do evento

Compartilhar este evento

Data e hora

Localização

Localização

Unidade de Saúde Dr. Navantino Alves de Souza

Silva Lobo, 1718

Nova Granada

Belo Horizonte, MG 30431262

Brazil

Ver mapa

Descrição do evento

Descrição

Nos dias 19 e 20 de novembro de 2018, por entre as montanhas de Minas, na cidade de Belo Horizonte, acontecerá o Congresso Brasileiro de Acompanhamento Terapêutico. E nesta trilha que nos leva ao trabalho do Acompanhamento Terapêutico (AT), encontramos no início da década de 90, as primeiras intervenções em Minas Gerais. O cenário da época encontrava no discurso reformista do território da saúde mental sua potência para intervir e riscar no chão os mapas que nos orientariam no trabalho do AT. Algumas práticas anteriores poderiam entrar nesta categoria de intervenção, mas não eram clinicamente orientadas, como no trabalho destinado ao processo de desospitalização da loucura.

Deste tempo até hoje encontramos o AT trilhando seus passos em diversas políticas públicas e serviços destinados ao cidadão e seu encontro com a cidade. Educação, saúde, assistência, justiça, são alguns campos que atualmente se servem da intervenção do AT. Discurso que gradativamente tem ganhado o espaço público, desvinculando-se do trabalho estritamente associado às instituições. Não são raros os casos em que o AT aparece como dispositivo clínico na esfera particular, sem a necessidade de alojar-se em alguma instituição.

No ano de 2017, animados pelo XI Congresso Internacional de Acompanhamento Terapêutico, realizamos, em Belo Horizonte, o Seminário Mineiro de Acompanhamento Terapêutico, quinze anos depois do primeiro Seminário, realizado na capital Mineira. E nesse esforço em sistematizar nossa experiência, localizamos o território do AT, profundamente vinculado à rede de Saúde Mental, constituindo uma intervenção clínica endereçada a pacientes que podem se beneficiar de certa secretaria no encontro com a cidade. Ampliando o território do sujeito em seu exercício de criar laços inéditos com a cidade. Neste sentido, aprendemos por entre as andanças em Minas, que o AT orienta-se pela demanda particular de cada paciente, articulando-se com a construção e a condução do caso, ponto que revela a necessidade de formação e sistematização da prática do AT.

Com a intenção de revisitar os diversos campos do AT, suas articulações teóricas e as novas soluções neste campo, Belo Horizonte vai promover em novembro deste ano o Congresso Brasileiro de AT como tema Das Políticas do AT ao AT nas Políticas. Desejamos encontrar nestes dias de evento todos aqueles, que tem tomado a prática do AT, nas mais diversas regiões do Brasil e fora dele, como ponto fundamental de sua formação e prática clínica.

E para animar nossa conversa e orientar os trabalhos a serem enviados, organizamos o Congresso em quatro eixos temáticos:

- Redes na cidade e a ética da particularidade: neste eixo buscamos encontrar as redes singulares que a clínica do AT pode agenciar, permitindo que o sujeito construa suas conexões pela cidade. Posição ética do AT em testemunhar esta cartografia e seus efeitos no tratamento;

- Conexões e o território institucional: desde seu início o AT constitui seu fazer articulado aos diversos discursos no campo política. Intervenções que atravessam o campo da saúde na construção de soluções que tocam as tramas da justiça, o território da educação ou os recursos da assistência. Atuação que nos mostra as costuras necessárias nesta clínica em movimento;

- Família, trabalho, comunidade e pertencimento: nas trilhas do AT encontramos diversos casos e intervenções que permitem a construção de laços, por vezes perdidos, devido aos mais diversos motivos. Possibilidade de reinventar o cotidiano que atravessa a família enquanto grupo social, o trabalho em suas mais diversas possibilidades e a comunidade.

- Formação, Instituição do AT e Instituições de AT: na trilha que nos move no trabalho do AT, pretendemos discutir neste eixo a necessidade de formar o AT, considerando a diversidade teórica que atravessa este campo, sem perder a singularidade que pode nomear nossa prática de AT. Cuidar da prática do AT, considerando os diversos modos de institui-lo nos mais variados campos e como esta prática pode ser legitimada nas Instituições dedicadas a formação do AT.

Assim deixamos nosso convite para que, junto com a Rede Mineira de ATs, possamos construir mais uma página importante desta história viva e itinerante.

Apoiadores:
Newton Paiva
Livraria Psicologo
CRP

Compartilhar com amigos

Data e hora

Localização

Unidade de Saúde Dr. Navantino Alves de Souza

Silva Lobo, 1718

Nova Granada

Belo Horizonte, MG 30431262

Brazil

Ver mapa

Salvar este evento

Evento salvo