Conversa sobre a exposição “Rodrigo Andrade – Pintura e Matéria”

Conversa sobre a exposição “Rodrigo Andrade – Pintura e Matéria”

Ações e painel de detalhes

Gratuito

Data e hora

Localização

Instituto Ling

João Caetano , 440

Três Figueiras

Porto Alegre, RS 90470260

Brazil

Ver mapa

Conversa sobre a exposição “Rodrigo Andrade – Pintura e Matéria”

Sobre este evento

Em uma parceria inédita, o Instituto Ling recebe uma série de encontros com artistas e curadores que estarão na programação de exposições da Fundação Iberê, ao longo de 2022.

Neste encontro, o artista visual Rodrigo Andrade e a curadora e crítica de arte Taisa Palhares se reúnem para uma conversa sobre a exposição Rodrigo Andrade – Pintura e Matéria, em cartaz na Fundação Iberê a partir do dia 27 de agosto.

A mostra reúne, pela primeira vez em Porto Alegre, um recorte de 30 trabalhos que apresenta uma visão significativa da produção do artista em quase 40 anos de trajetória singular. Em paralelo, Andrade, considerado um dos mais importantes nomes da arte contemporânea brasileira, apresenta um trabalho inédito: “cópias” de obras de Iberê Camargo selecionadas pelo artista num universo de 217 pinturas que compõem o acervo da Fundação.

A atividade acontece no dia 25 de agosto, às 19h, em formato híbrido, online pelos canais no Youtube de ambas as instituições e presencial no Instituto Ling. Com vagas limitadas, a distribuição de senhas iniciará uma hora antes do da atividade.

Ao realizar sua inscrição, você recebe o link da transmissão através do e-mail cadastrado. No dia da atividade, você também recebe lembretes via e-mail, assim não perde o horário e aproveita a atividade do início ao fim.

Sobre os participantes:

Rodrigo Andrade é pintor, gravador e artista gráfico. Iniciou sua formação em gravura no ateliê de Sérgio Fingermann em São Paulo, em 1977, e no ano seguinte frequentou o Studio of Graphics Arts, em Glasgow, Escócia. Estudou desenho com Carlos Fajardo e gravura e pintura na Ecole Nationale Supérieure dês Beaux-Arts de Paris. De volta ao Brasil, integrou, entre 1982 e 1985, o grupo Casa 7. Realizou mostras em importantes instituições nacionais e internacionais. Sua obra integra importantes coleções públicas, como Museu de Arte Moderna de São Paulo, SP; Pinacoteca do Estado de São Paulo, SP; Museu de Arte Contemporânea de Niterói, RJ; além de outras coleções particulares.

Taisa Palhares possui bacharelado (1997), mestrado (2001) e doutorado em Filosofia (2011), pela Universidade de São Paulo. É professora de Estética no Departamento de Filosofia da Universidade Estadual de Campinas desde 2015. Trabalha com os autores da Teoria Crítica, sobretudo o filósofo alemão Walter Benjamin. Atualmente, desenvolve pesquisa sobre a percepção estética como jogo a partir de Benjamin e sua relação com a arte moderna e contemporânea. De 2003 a 2015, foi pesquisadora e curadora da Pinacoteca do Estado de São Paulo. Organizou o volume Arte brasileira no acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo (2010), ganhador do Prêmio Jabuti na categoria Livro didático e paradidático, em 2011.

Esta programação é uma realização da Fundação Iberê, Instituto Ling e Ministério do Turismo / Governo Federal.

Compartilhar com amigos