R$125 – R$250

[curso] Cidades por escrito, vol. 2, com Lucia Wataghin, Adriane Duarte, Ri...

Informações do evento

Compartilhar este evento

Data e hora

Localização

Localização

IMS Paulista

Avenida Paulista, 2424

Bela Vista

São Paulo, SP 01310300

Brazil

Ver mapa

Política de reembolso

Política de reembolso

Reembolsos até 7 dias antes do evento

Descrição do evento

Descrição

Professores: Lucia Wataghin, Adriane Duarte, Rita Chaves, Susana Kampff Lages e Eucanaã Ferraz

[
curso Cidades por escrito, vol. 2]

Segunda edição, com novos temas e professores, deste curso que aborda a estreita relação da literatura – dos próprios escritores e de suas obras – com as cidades.

O curso tem 5 aulas e será realizado às terças-feiras, das 19h às 21h, nos dias 3, 10, 17, 24 e 31 de março.
Só receberá certificado de participação o aluno que estiver presente em pelo menos 4 dos encontros (a presença será computada em até 30 minutos depois do início da aula).

Este curso não exige conhecimento prévio acerca dos temas que serão abordados.


PROGRAMA

3/3 - As cidades invisíveis de Italo Calvino, com Lucia Wataghin
Modelo de arte combinatória e de multiplicação das formas, As cidades invisíveis é um livro poliédrico que não admite leituras unívocas: em cada aresta se encontra uma ideia, um ponto de vista. Mas a aula partirá da preferência do autor pela “área mais luminosa” do livro, pelas cidades “delgadas”, cujas figuras filiformes associam o gosto calviniano pela leveza ao tema da cidade.


10/3 - A Tebas de Sófocles, com Adriane Duarte
Embora ateniense, do distrito de Colono, Sófocles está ligado irremediavelmente a Tebas, cenário de duas de suas tragédias, Édipo Rei e Antígona. A Tebas trágica é antes mítica do que histórica, repercutindo o ciclo tebano, que se inicia com a fundação da cidade por Cadmo, a construção das muralhas por Anfíon, dando lugar à saga de Penteu e Dioniso, até chegar a Édipo e seus filhos, cujo destino será objeto da aula.


17/3 - A Luanda de Ondjaki, com Rita Chaves
Uma das cidades mais antigas da costa ocidental africana, Luanda é um palco essencial na história da literatura angolana. Na vida literária, sobretudo a partir dos anos de 1960, mais que um cenário, a cidade se faz protagonista dos projetos de libertação que pretendem criar um país. Na narrativa de Ondjaki, escritor que, tendo nascido em 1977, cresce com o estado independente, a cidade é reinventada, fazendo-se a figuração de um espaço em que o legado contracolonial se mistura com a complexa experiência do presente.


24/3 - A Praga cubista de Franz Kafka, com Susana Kampff Lages
Um passeio pela Praga kafkiana como senha de entrada em sua obra, com destaque para dimensões menos exploradas pelos comentadores – em especial, sua convivência com as artes de vanguarda e a respectiva reelaboração em seus escritos.


31/3 - A Lisboa de Sophia de Mello Breyner Andresen, com Eucanaã Ferraz
As cidades guardam um sinal negativo na escrita de Sophia de Mello Breyner Andresen, na qual irrompem versos como: “cidade, rumor e vaivém sem paz das ruas,/ ó vida suja, hostil, inutilmente gasta”. Se o Porto, cenário da infância, da adolescência e da juventude, surge nessa obra como o formidável jardim da casa da avó, de onde se avistava a praia, Lisboa é bem mais oscilante, paisagem da história e da política, da poesia e do amor, das amizades e de certos espectros, como Pessoa e Camões. Eis o que tentaremos ver pelos olhos da poeta: Lisboa “e seu secreto rebrilhar de coisa de teatro”.


PROFESSORES

Lucia Wataghin é livre-docente pela FFLCH-USP, onde é professora da área e do programa de pós-graduação em Italianística. Publicou livros, artigos e ensaios na área dos estudos de literatura italiana, das relações Itália/Brasil e da recepção e tradução da literatura italiana no Brasil.

Adriane Duarte é professora associada de Língua e Literatura Grega na USP, onde tem se dedicado à pesquisa do teatro grego, romance antigo e recepção da literatura clássica. Publicou, entre outros, os livros O dono da voz e a voz do dono: a parábase na comédia de Aristófanes e Cenas de reconhecimento na poesia grega, além de ter traduzido diversas obras do grego, como O romance de Esopo.

Rita Chaves é professora associada de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa na FFLCH-USP. É autora dos livros A formação do romance angolano e Angola e Moçambique: experiência colonial e territórios literários.

Susana Kampff Lages é professora de língua e literatura alemã na UFF, em Niterói. Traduziu Amerika ou O desaparecido, de Franz Kafka, e atualmente dedica-se a estudar o papel dos manuscritos e de escritos autobiográficos no estabelecimento, interpretação e tradução da obra de Kafka e de outros escritores.

Eucanaã Ferraz é poeta, consultor de literatura do IMS e professor de literatura brasileira na UFRJ. Organizou, para a Companhia das Letras, o volume Coral e outros poemas, de Sophia de Mello Breyner Andresen.


Perguntas frequentes

Há exigências de idade mínima para entrar no evento? Idade mínima de 16 anos.

Quais são minhas opções de transporte/estacionamento para chegar ao evento?

Metrô: próximo às estações Consolação (Linha Verde) e Paulista (Linha Amarela).

Ônibus: pontos na rua da Consolação e na avenida Paulista, com várias opções de linhas.

Estacionamento: não há estacionamento no local, apenas vagas especiais para pessoas com deficiência.

Como posso entrar em contato com o organizador se tiver perguntas? Pelo email cursos.paulista@ims.com.br.

Qual é a política de reembolso? É permitido solicitar o reembolso integral até 7 dias antes da data de início do evento.

Preciso levar meu ingresso impresso para o evento? Não é necessário levar o ingresso impresso, apenas um comprovante de identidade.

Posso atualizar as informações da minha inscrição? A atualização de informações pode ser feita até 1 dia antes do início do curso.

Minha taxa de inscrição ou o ingresso podem ser transferidos? A transferência da matrícula pode ser feita até 1 dia antes do início do curso. Após o início do mesmo, não é possível fazer a transferência.

O nome no meu ingresso ou na minha inscrição não coincide com o nome do participante. Há algum problema? Sim, é preciso que o nome da matrícula seja o mesmo de quem irá frequentar o curso. Caso tenha comprado o curso para outra pessoa, é possível fazer a transferência do mesmo até 1 dia antes do início do curso.

Quem tem direito a meia-entrada? Estudantes, professores e maiores de 60 anos têm 50% de desconto em todos os cursos, mediante apresentação de documento comprobatório no dia do evento.

Compartilhar com amigos

Data e hora

Localização

IMS Paulista

Avenida Paulista, 2424

Bela Vista

São Paulo, SP 01310300

Brazil

Ver mapa

Política de reembolso

Reembolsos até 7 dias antes do evento

Salvar este evento

Evento salvo