Sistema Dinâmico Interno Avaliação e Tratamento - Porto Alegre

Ações e painel de detalhes

Vendas terminadas

Informações do evento

Compartilhar este evento

Data e hora

Localização

Localização

Holiday Inn Porto Alegre

Av. Carlos Gomes, 565

Bela Vista

Porto Alegre, RS 90480-003

Brazil

Ver mapa

Descrição do evento
Terapia Manual na Oncologia

Sobre este evento

Ministrante:

Prof. Leonardo Sette Vieira

Data:

03 a 06 de Dezembro 2020

Horário:

Dia 03 e 04 – 09:00 as 18:00

Dia 06 – 09:00 as 12:00

Carga horária:

36h

Cidade:

Porto Alegre

Local:

Holiday Inn Porto Alegre – Av. Carlos Gomes, 565 – Bela Vista, Porto Alegre – RS

Programa:

O sistema dinâmico interno é formado por 5 pilares fasciais verticais internos e os 5 diafragmas transversais. Esses pilares verticais apresentam formações embrionária diferenciadas e formam o arcabouço de sustentação e função dos sistemas viscerais, circulatório e neural do corpo. Os 5 diafragmas transversais formam uma rede de sincronismo onde atuam no sistema fluídico do corpo, coordenando as pressões intracavitárias e influenciando em várias funções essenciais para a saúde do sistema.

Se divide em 5 pilares verticais internos:

1. Dura-máter craniana e medular que se desenvolve a partir do mesoderma que se relaciona com o desenvolvimento do tubo neural; organizam o encéfalo em 4 compartimentos: tenda do cerebelo, diafragma da sela túrcica, foice do cérebro e foice do cerebelo. Organiza a medula e a relação dos nervos espinhais com o canal medular.

2. Fáscias que envolvem o sistema geniturinário. Do mesoderma intermediário se desenvolve as fáscia que envolvem os órgãos genitais, rim e ureter e o mesogastro posterior que se relaciona com o HindGut, formando as fáscia que envolvem a bexiga e o reto; O desenvolvimento desse sistema influencia toda a formação da pelve e os membros inferiores.

3. Fáscias viscerais do tubo digestivo que se originam a partir do mesogastro anterior e posterior no foregut e mesogastro posterior no midgut. Essas fáscias dão suporte para o posicionamento e funcionamento de todo o tubo digestivo. Começam na base do cranio e terminam na região do reto.

4. Fáscias do tubo cardiorespiratório, fígado e diafragma que são formadas a partir do desenvolvimento embrionário desses respectivos órgãos que se formam na região cefálica do embrião e desce para a região torácica. Responsável pela função desses órgãos e influenciam diretamente a formação dos membros superiores e cintura escapular.

5. Fáscias que envolvem os grandes vasos do corpo que se desenvolvem a partir da artéria aorta dorsal primitiva e das veias cardinais, vitelínicas e umbilicais. Essas fáscias vão da base do crânio até a parte pélvica, sendo responsável por manter a integridade circulatória do sistema.

5 pilares estruturais verticais, a parte anatômica e as relações entre essas estruturas clinicamente. Avaliação e tratamento desses pilares.

Os 5 diafragmas transversais são estruturas controladas por núcleos neurais no Tronco Encefálico. Além da função específica de cada diafragma, a ação sincronizada coordena várias funções como: drenagem do sangue venoso para o átrio direito; o direcionamento do líquido intersticial e linfático para a cavidade torácica; fluxo metabólico adequado para os diversos tecidos do corpo. Abordaremos toda a parte embriológica e anatômica desses diafragmas, a função e sincronismo dessas estruturas.

Os 5 diafragmas transversais do corpo são:

- Tenda do cerebelo e diafragma da sela túrcica;

- Boca e língua;

-Entrada torácica;

- Diafragma;

- Diafragma pélvico;

O funcionamento e interação entre os cinco pilares verticais com os cinco pilares transversais promovem a base de todo o funcionamento do corpo.

Público-Alvo:

Compartilhar com amigos

Data e hora

Localização

Holiday Inn Porto Alegre

Av. Carlos Gomes, 565

Bela Vista

Porto Alegre, RS 90480-003

Brazil

Ver mapa

Salvar este evento

Evento salvo